Como aproveitei o “teatro” associado à entrega dos cartões pessoais para criar uma espécie de “cromos colecionáveis”?

Também vai gostar…