investir na Bolsa - pensava que era so para magnatas

Pensava que os investimentos na Bolsa eram só para magnatas!

Até junho de 2020 pensei que os investimentos na Bolsa estavam destinados apenas a magnatas ou a pessoas iluminadas!

Contudo, depois de contratar um mentor é que percebi o que esses supostos “iluminados” faziam… e que eu não estava a fazer:

  • investiam na sua formação;
  • aprendiam a gerir as emoções e a eliminá-las por completo das decisões que tomavam;
  • ignoravam as notícias;
  • clicavam em “não recomendar…” em todos os canais sensacionalistas no Youtube e noutras redes sociais…

No momento em que consegui implementar tudo isso, lembro-me de dizer:

Ahhh… isto afinal é fácil!

Sei que até pode parecer ridículo dizê-lo desta forma, mas…

… é mesmo muito fácil!

Apenas necessitamos de seguir alguns passos, sem hesitar… nem inventar.

O que necessitamos?

Cumulativamente, e por ordem de importância como se estivéssemos a passar algo por crivos de malha cada vez mais fina, aqui fica o que interessa:

  • identificar empresas que são líderes de mercado nas áreas de negócio em que atuam;
  • dessas empresas, selecionar apenas as que têm lucros e faturação crescente nos últimos 4 a 5 anos;
  • saber qual é o valor intrínseco de cada ação (dessas empresas);
  • comprar um pequeno lote de ações quando os preços estão abaixo do valor intrínseco e, cumulativamente, os preços retraíram a um nível que serviu anteriormente de suporte. NOTA: é importante saber calcular o valor intrínseco das ações ou fazer parte de um programa de mentoria que dê acesso a esses valores intrínsecos, como têm acesso todos os membros do meu curso online “Investir na Bolsa”);
  • Se os preços das ações dessas empresas baixarem ao nível de suporte seguinte, como são empresas com excelentes fundamentos, podemos comprar mais um lote de ações para baixarmos o custo médio por ação. Adoro comprar 15% abaixo, reforçar 20% abaixo, reforçar 30% abaixo do valor intrínseco… se os preços descerem ainda mais, sinto que estou no paraíso… e se ainda não tenho totalmente preenchida a participação máxima que pretendo nessa empresa, compro mais um lote de ações (não esquecer: faço isto porque estou a comprar apenas ações de empresas com excelentes fundamentos).

Pronto… é só isto, continuar sem ver notícias e guardar as ações enquanto os fundamentos dessas empresas se mantiverem válidos. Enquanto isso acontecer, os preços das ações irão ter algumas correções (que nos permitirão voltar a comprar em saldo), mas eventualmente estarão sempre a crescer a médio/longo prazo.

Mas atenção que eu só aplico esta estratégia em empresas com excelentes fundamentos… não se ponha a inventar, porque se implementar esta estratégia em ações de empresas que agora gosto de apelidar de “galdérias” (tal como eu fiz nos primeiros meses em que comecei a investir na Bolsa), é possível que esteja a enterrar cada vez mais dinheiro (numa “relação sem futuro”) e que as perdas sejam muito grandes.

Lembre-se que essas “galdérias” poderão ter preparado as armadilhas de forma a que os idiotas que lhes entregarem todo o seu amor (e todas as suas poupanças) acabarão por perder uma parte ou a totalidade do dinheiro!

Não tenho qualquer problema em admitir: fui um grande idiota durante mais de um ano… e paguei mais de 21000€ por causa disso.

Artigos ou vídeos relacionados

Não seja egoísta... partilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

login

Faça login para aceder à sua conta.

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador.

Queres aprender a investir na Bolsa?

Preenche os dados seguintes para receberes os meus emails sobre esse assunto.